Redes Minas vai transmitir concertos da Orquestra Jovem Gerais no Japão

Os jovens musicistas da Orquestra Jovem Gerais já estão no Japão. A partir de amanhã, eles iniciam concertos no país oriental, e a Rede Minas vai transmitir ao vivo e via web três apresentações do grupo musical. Confira os horários e participe:

– 01/07 às 7h: Colany Bunka Hall, Yamanashi

– 03/07 às 3h30: Kawaguchiko Stellar Theater, Yamanashi

– 09/07 às 6h30: Sano-shi Bunka Kaikan, Tochigi

Confira a matéria completa no link abaixo:

http://redeminas.tv/rede-minas-transmite-concertos-da-orquestra-jovem-gerais-no-japao/

 

 

Orquestra Jovem Gerais inicia turnê pelo Japão em 28 de junho
Grupo da Orquestra Jovem Gerais que vai fazer a Turnê Japão 2016 - Crédito Caio Rocha - Cópia

A arte brasileira vai romper fronteiras, novamente, com a Orquestra Jovem Gerais. Jovens musicistas da instituição de responsabilidade social vão iniciar turnê pelo Japão no próximo dia 28 de junho, terça-feira. É a primeira viagem da ONG para o país oriental. Serão 12 dias de concertos, curso e imersão na cultura japonesa. No total, 28 instrumentistas foram selecionados para a viagem internacional.

O programa da série de concertos que serão apresentados ao público japonês é mesclado de obras eruditas e populares. Peças consagradas no meio artístico, como 1812 Overture, de Tchaikovsky, Sinfonia Nº 5, de Beethoven, Aquarela Brasil, de Ary Barroso, e Mourão, de Guerra-Peixe, serão interpretadas nas apresentações.

Haverá concertos em Yamanashi, Nagano, Kamakura, Tochigui e Tóquio, capital japonesa. A Embaixada do Brasil no Japão, localizada em Tóquio, receberá os instrumentistas para apresentação especial. No evento, estarão presentes André Corrêa do Lago, embaixador do Brasil no Japão, a direção da Câmara de Comércio Brasileira no Japão, entre outras autoridades. Os instrumentistas também vão se apresentar no 2º Festival de Música Japão – Brasil 2016, do projeto Música sem Fronteiras, na cidade de Sano, em Tochigi.

Rosiane Reis, cofundadora e coordenadora pedagógica da ONG, e Renato Pedroso, professor da instituição, vão reger o grupo. A Fundação Método Suzuki, em Matsumoto, receberá os instrumentistas para curso homônimo criado por Shinishi Suzuki. Desde a sua fundação, a OJG adota a metodologia no ensino musical.

Para Rosiane Reis a turnê será um reforço no aprendizado musical dos alunos: “nossa Turnê Japão 2016 terá concertos importantes e, ainda, teremos aulas do Método Suzuki que é tradicionalmente utilizado em nosso ensino. Nós da equipe técnica vamos reciclar conhecimentos e os alunos vão ter contato direto com a instituição responsável pela técnica que é utilizada no mundo inteiro,” comenta.

 

Orquestra Jovem Gerais promove “Concerto do Bem” no Teatro Francisco Nunes, em Belo Horizonte
Folder do Concerto do Bem

A Orquestra Jovem Gerais (OJG) vai realizar, em 16 de junho, às 19h30,  o evento “Concerto do Bem” no Teatro Francisco Nunes, no Parque Municipal Américo Renné Giannetti, centro de Belo Horizonte. Os recursos arrecadados com a apresentação serão destinados à Turnê Japão 2016 da instituição de responsabilidade social. A viagem acontecerá entre 28 de junho e 12 de julho. Equipe técnica e 28 jovens musicistas vão conhecer Yamanashi, Nagano, Kamakura, Tochigui e Tóquio, capital japonesa. Os instrumentistas vão se apresentar no país e, ainda, terão aulas do Método Suzuki na fundação de nome homônimo, em Matsumoto, prática que a OJG adota no ensino musical.

No programa do concerto na capital mineira, haverá obras eruditas e populares, incluindo peças consagradas no cenário musical, como 1812 Overture, do russo Tchaikovsky, Sinfonia Nº5, do alemão Beethoven, Aquarela Brasil, do mineiro Ary Barroso, e Mourão, do fluminense Guerra-Peixe. O grupo será regido por Rosiane Reis, cofundadora e coordenadora pedagógica da ONG, e por Renato Pedroso, professor da instituição.

O público vai conferir grandes novidades na apresentação. Além do tradicional repertório, os jovens músicos interpretarão composições do país do sol nascente. Danças e tambores japoneses, instrumentos conhecidos por taiko, fazem parte da programação. O concerto vai ter duração de aproximadamente 50 minutos. A Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte está apoiando a iniciativa cultural que tem promoção do Consulado Geral Honorário do Japão em Belo Horizonte. O valor da contribuição é de  R$20,00.

“Vamos apresentar aos belo-horizontinos nosso repertório da Turnê Japão e, ao mesmo tempo, vamos angariar fundos para nossa viagem. Por isso, esperamos contar com o apoio do público. Sempre é importante que nos unamos para a difusão da cultura em vários espaços, seja em nosso território ou fora dele,” comenta Rosiane Reis.