DIA 1 – Estreia da Turnê 2018 em Entre Rios de Minas

  • 25 de março de 2018
DIA 1 – Estreia da Turnê 2018 em Entre Rios de Minas

IMG_6725A primeira parada da Turnê Minha Pátria 2018 foi em Entre Rios de Minas, cidade com 119km de distância de Belo Horizonte. Apesar de pequena, apenas 14.242 habitantes, Entre Rios é uma cidade histórica nos moldes do interior mineiro: cafezinho no fogão pão de queijo na mesa e muita simpatia entre seus moradores. Neste dia, 25 de março, os músicos da Orquestra Jovem Gerais movimentaram a cidade e receberam a presença de muitos admiradores da música clássica no Auditório das Irmãs. Essa revelação apontou o quanto será especial a viagem dos alunos da Orquestra Jovem Gerais.

Depois de desembarcar no centro da cidadezinha mineira, os integrantes da Orquestra Jovem Gerais seguiram rumo à Fazenda São José. Administrada por James e Ângela, a fazenda é especializada na criação de cavalo Campolina, berço da raça equina no Brasil. Os atuais donos prezaram pela preservação pela história do local e a fazenda comemora aniversário centenário.

Foi nesta cidade que Cassiano Campolina desenvolveu a raça de cavalos, na época em que Entre Rios de Minas esteve na rota da Estrada Real, percurso realizado pela coroa portuguesa em meados do século 17 para oficializar o fluxo do ouro e diamantes em Minas Gerais e Rio de Janeiro. IMG_6677IMG_6713DSC_0040Os alunos adoraram conhecer a fazenda e aprender mais sobre a criação de cavalos. Luana, da viola clássica, e Gustavo, à frente do oboé da OJG, tiveram tanta afinidade com os animais que cavalgaram pelos gramados. Luana tem costume de andar desde quando era pequena, na fazenda dos avós. Já Gustavo, não andava tinha um tempo.

“Achei legal andar à cavalo. Antigamente, eu andava com meu tio e tinha uns dois anos que eu não andava. Na hora que ele deu uma corridinha, que eu não estava acostumado e deu um pouco de medo. Mas foi muito bom!” disse o oboísta.

IMG_6729IMG_6719

Após o café da manhã farto na Panificadora Sayonara e o delicioso almoço do Restaurante da Zita, no período da tarde, os alunos visitaram a Igreja Matriz de Entre Rios – Igreja de Nossa Senhora das Brotas e admiraram a arquitetura neoclássica. Outro ponto turístico visitado pela OJG foi a Capela Nossa Senhora das Dores, ao lado do Hospital Cassiano Campolina. Os alunos admiraram a pintura centenária de Francisco Tamietti, o mesmo artista responsável pelas obras das paredes do Museu Mineiro e da Igreja Sagrado Coração de Jesus, em Belo Horizonte.

A estreia

O auditório da Irmãs contava com cerca de 200 pessoas presentes. Todas aguardavam pelo início do concerto ansiosamente. Rosangela, tia dos músicos João Pedro, flauta transversal, e Pedro Arthur, violoncelo, veio com sua família de Dispêndio Entre Rios para assistir a apresentação dos sobrinhos. Para ela e toda a família foi uma grande surpresa o desempenho dos alunos e ficou surpreendida com a apresentação da Orquestra. “Eles foram muito bem. A apresentação foi realmente muito linda.” disse, encantada.

IMG_6996 IMG_6921IMG_6999A Violinista Kênia Eduarda definiu a estreia na cidade mineira de forma simples e direta. “Foi maravilhoso. Foi um show. Encheu bastante e nós tocamos muito bem.” Concluiu. E assim o primeiro dia de turnê se encerrou. Amanhã todos os integrantes da Turnê Minha Pátria seguem para o Rio de Janeiro, segundo destino da turnê.

O vlog de hoje foi feito por Débora, Rafaela e Guilia. Confira!

Obrigada, Ibiritermo, Supermix, Copasa, Governo de Minas Gerais, ArcelorMittal, Belgo Bekaert Arames, Tambasa Atacadista, Patrus Transportes, Via Jap, Puc Minas, C.M.D.C.A.C e Ministério da Cultura por acreditarem neste sonho!

Veja mais fotos aqui.